Categorias:
Carrinho de compras 0

Serviço indisponível no momento.

Squid|O Monolith

O Monolith

Squid

Disponível em
16-Bit/44.1 kHz Estéreo

Streaming ilimitado

Escute agora este álbum em alta qualidade nos nossos aplicativos

Iniciar meu período de teste e começar a escutar este álbum

Curta este álbum nos aplicativos Qobuz com a sua assinatura

Assinar

Curta este álbum nos aplicativos Qobuz com a sua assinatura

Super fresca e quase elusiva, a música de O Monolith pode não ser a mais acessível - como o título monolítico sugere - provavelmente porque nasceu nos palcos. Após o punk afiado de Bright Green Field, lançado pela Warp em 2021, Ollie Judge (vocal, bateria), Louis Borlase (guitarra), Arthur Leadbetter (teclados), Laurie Nakivell (baixo, cornetas) e Anton Pearson (guitarra, vocal) construíram a maior parte de seu segundo álbum durante a Fieldwork Tour do mesmo ano. O princípio básico era simples: o quinteto foi em busca de um público desavisado, viajando para partes remotas do interior da Inglaterra, apresentando o primeiro álbum e improvisando para criar novas músicas no palco. Era um processo criativo ao contrário, gerando uma série de intuições ousadas que, em muitos aspectos, não eram convencionais.


Foi então, no Real World Studios de Peter Gabriel, na pitoresca Wiltshire, no sudoeste da Inglaterra, que os cinco britânicos esculpiram suas músicas. Confiado à produção de Dan Carey (Toy, Fontaines D.C, Geese, Warmdusher), O Monolith assumiu a forma de um rock que beira o experimental, animado, turbulento, no qual nada é fixo e tudo é orgânico. Uma música em constante movimento, em ebulição ("Devil's Den"), agitada ("The Blades") ou muito leve ("Siphon Song"). Nada é dado como certo.
Os vocais são corais, cantados ou robóticos e não mais apenas gritados. Mas perceba que o Squid conseguiu adicionar a quantidade certa de baixo pós-punk ("If You Had Seen The Bull's Swimming Attempts You Would Stayed Away"), loops de sintetizador hipnóticos ("Swing (In A Dream)") ou buzinas ronronantes ("After The Flash") para atenuar a complexidade desse álbum sensível. © Charlotte Saintoin/Qobuz

Mais informações

O Monolith

Squid

launch qobuz app Já baixei o Qobuz para Windows / MacOS Abrir

download qobuz app Ainda não baixei o Qobuz para Windows / MacOS Baixar o aplicativo Qobuz

Você está escutando amostras.

Escute mais de 100 milhões de músicas com um plano de streaming ilimitado.

Escute esta playlist e mais de 100 milhões de músicas com os nossos planos de streaming ilimitado.

A partir de 8,99€/mês

1
Swing (In A Dream)
00:04:29

JOHN MCENTIRE, Mixer - Dan Carey, Producer - Heba Kadry, MasteringEngineer - BMG, MusicPublisher - Squid, MainArtist - Arthur Leadbetter, Composer - Ollie Judge, Composer - Laurie Nankivell, Composer - Louis Borlase, Composer - Anton Pearson, Composer - Dom Shaw, Engineer

2023 Warp Records 2023 Warp Records

2
Devil’s Den
00:03:05

JOHN MCENTIRE, Mixer - Dan Carey, Producer - Heba Kadry, MasteringEngineer - BMG, MusicPublisher - Squid, MainArtist - Arthur Leadbetter, Composer - Ollie Judge, Composer - Laurie Nankivell, Composer - Louis Borlase, Composer - Anton Pearson, Composer - Dom Shaw, Engineer

2023 Warp Records 2023 Warp Records

3
Siphon Song
00:05:58

JOHN MCENTIRE, Mixer - Dan Carey, Producer - Heba Kadry, MasteringEngineer - BMG, MusicPublisher - Squid, MainArtist - Arthur Leadbetter, Composer - Ollie Judge, Composer - Laurie Nankivell, Composer - Louis Borlase, Composer - Anton Pearson, Composer - Dom Shaw, Engineer

2023 Warp Records 2023 Warp Records

4
Undergrowth
00:06:35

JOHN MCENTIRE, Mixer - Dan Carey, Producer - Heba Kadry, MasteringEngineer - BMG, MusicPublisher - Squid, MainArtist - Arthur Leadbetter, Composer - Ollie Judge, Composer - Laurie Nankivell, Composer - Louis Borlase, Composer - Anton Pearson, Composer - Dom Shaw, Engineer

2023 Warp Records 2023 Warp Records

5
The Blades
00:06:28

JOHN MCENTIRE, Mixer - Dan Carey, Producer - Heba Kadry, MasteringEngineer - BMG, MusicPublisher - Squid, MainArtist - Arthur Leadbetter, Composer - Ollie Judge, Composer - Laurie Nankivell, Composer - Louis Borlase, Composer - Anton Pearson, Composer - Dom Shaw, Engineer

2023 Warp Records 2023 Warp Records

6
After The Flash
00:05:34

JOHN MCENTIRE, Mixer - Dan Carey, Producer - Heba Kadry, MasteringEngineer - BMG, MusicPublisher - Squid, MainArtist - Arthur Leadbetter, Composer - Ollie Judge, Composer - Laurie Nankivell, Composer - Louis Borlase, Composer - Anton Pearson, Composer - Dom Shaw, Engineer

2023 Warp Records 2023 Warp Records

7
Green Light
00:04:23

JOHN MCENTIRE, Mixer - Dan Carey, Producer - Heba Kadry, MasteringEngineer - BMG, MusicPublisher - Squid, MainArtist - Arthur Leadbetter, Composer - Ollie Judge, Composer - Laurie Nankivell, Composer - Louis Borlase, Composer - Anton Pearson, Composer - Dom Shaw, Engineer

2023 Warp Records 2023 Warp Records

8
If You Had Seen The Bull’s Swimming Attempts You Would Have Stayed Away
00:05:14

JOHN MCENTIRE, Mixer - Dan Carey, Producer - Heba Kadry, MasteringEngineer - BMG, MusicPublisher - Squid, MainArtist - Arthur Leadbetter, Composer - Ollie Judge, Composer - Laurie Nankivell, Composer - Louis Borlase, Composer - Anton Pearson, Composer - Dom Shaw, Engineer

2023 Warp Records 2023 Warp Records

Resenha do Álbum

Super fresca e quase elusiva, a música de O Monolith pode não ser a mais acessível - como o título monolítico sugere - provavelmente porque nasceu nos palcos. Após o punk afiado de Bright Green Field, lançado pela Warp em 2021, Ollie Judge (vocal, bateria), Louis Borlase (guitarra), Arthur Leadbetter (teclados), Laurie Nakivell (baixo, cornetas) e Anton Pearson (guitarra, vocal) construíram a maior parte de seu segundo álbum durante a Fieldwork Tour do mesmo ano. O princípio básico era simples: o quinteto foi em busca de um público desavisado, viajando para partes remotas do interior da Inglaterra, apresentando o primeiro álbum e improvisando para criar novas músicas no palco. Era um processo criativo ao contrário, gerando uma série de intuições ousadas que, em muitos aspectos, não eram convencionais.


Foi então, no Real World Studios de Peter Gabriel, na pitoresca Wiltshire, no sudoeste da Inglaterra, que os cinco britânicos esculpiram suas músicas. Confiado à produção de Dan Carey (Toy, Fontaines D.C, Geese, Warmdusher), O Monolith assumiu a forma de um rock que beira o experimental, animado, turbulento, no qual nada é fixo e tudo é orgânico. Uma música em constante movimento, em ebulição ("Devil's Den"), agitada ("The Blades") ou muito leve ("Siphon Song"). Nada é dado como certo.
Os vocais são corais, cantados ou robóticos e não mais apenas gritados. Mas perceba que o Squid conseguiu adicionar a quantidade certa de baixo pós-punk ("If You Had Seen The Bull's Swimming Attempts You Would Stayed Away"), loops de sintetizador hipnóticos ("Swing (In A Dream)") ou buzinas ronronantes ("After The Flash") para atenuar a complexidade desse álbum sensível. © Charlotte Saintoin/Qobuz

Sobre o álbum

Destaques:

Melhorar as informações do álbum
Mais sobre o Qobuz
Por Squid

Town Centre

Squid

Town Centre Squid

Undergrowth

Squid

Undergrowth Squid

Bright Green Field

Squid

Fugue (Bin Song)

Squid

SHAPER

Squid

SHAPER Squid
Você também pode gostar...

Wall Of Eyes

The Smile

Wall Of Eyes The Smile

First Two Pages of Frankenstein

The National

Did you know that there's a tunnel under Ocean Blvd

Lana Del Rey

Ohio Players

The Black Keys

Ohio Players The Black Keys

WHEN WE ALL FALL ASLEEP, WHERE DO WE GO?

Billie Eilish