Categorias:
Carrinho de compras 0

Serviço indisponível no momento.

Jorge Ben Jor|Negro É Lindo

Negro É Lindo

Jorge Ben

Disponível em
16-Bit/44.1 kHz Estéreo

Streaming ilimitado

Escute agora este álbum em alta qualidade nos nossos aplicativos

Iniciar meu período de teste e começar a escutar este álbum

Curta este álbum nos aplicativos Qobuz com a sua assinatura

Assinar

Curta este álbum nos aplicativos Qobuz com a sua assinatura

Negro É Lindo (1971) é o oitavo disco da carreira de Jorge Ben Jor, que vinha lançando pelo menos um álbum por ano desde Samba Esquema Novo, seu primeiro álbum, lançado em 1963. O nome Negro É Lindo é uma tradução literal de “black is beautiful”, uma das palavras de ordem mais populares do movimento negro nos EUA. A luta por direitos civis da população negra norte-americana é também a principal inspiração do álbum, que conta até com uma música (“Cassius Marcelo Clay”, composta em parceria com Toquinho) em homenagem ao pugilista e ativista Muhammad Ali.


Jorge Ben era tido como uma figura neutra em termos de política, especialmente se comparado à artistas que costumavam usar a música para denunciar injustiças sociais e as repressões do governo militar. Ainda assim, ele nunca deixou de falar sobre negritude, mas sua abordagem era mais positiva e otimista. Em Negro É Lindo isso alcança um novo status e Jorge Ben canta com orgulho e faz votos por um futuro mais igualitário.


Negro É Lindo antecede a fase mais experimental de Jorge Ben (iniciada com A Tábua de Esmeralda, de 1972) e em faixas como Porque É Proibido Pisar na Grama, com cordas arranjadas por Arthur Verocai, e Maria Dominga ele já sinalizava os caminhos pelos quais trilharia muito em breve. Com o violão como principal companheiro, Jorge Ben Jor brinca com ritmos como samba, jazz e soul music com naturalidade, algo que na época já tinha se estabelecido como parte de sua identidade artística. Mesmo ofuscado pelos trabalhos que vieram depois, Negro É Lindo merece destaque na discografia de Jorge Ben por seguir atual tanto em termos de música, quanto pela temática que continua em voga até hoje. © Izabela Delfiol  - Bananas/Qobuz

Mais informações

Negro É Lindo

Jorge Ben Jor

launch qobuz app Já baixei o Qobuz para Windows / MacOS Abrir

download qobuz app Ainda não baixei o Qobuz para Windows / MacOS Baixar o aplicativo Qobuz

Você está escutando amostras.

Escute mais de 100 milhões de músicas com um plano de streaming ilimitado.

Escute esta playlist e mais de 100 milhões de músicas com os nossos planos de streaming ilimitado.

A partir de 8,99€/mês

1
Rita Jeep
00:03:03

Paulinho Tapajós, Producer - Jorge Ben, Vocals, MainArtist, AssociatedPerformer, ComposerLyricist

℗ 1971 Universal Music International

2
Porque É Proibido Pisar Na Grama
00:04:54

Paulinho Tapajós, Producer - Jorge Ben, MainArtist, ComposerLyricist

℗ 1971 Universal Music Ltda

3
Cassius Marcelo Clay
00:03:42

Paulinho Tapajós, Producer - Jorge Ben, MainArtist, ComposerLyricist - toquinho, ComposerLyricist

℗ 1971 Universal Music Ltda

4
Cigana
00:03:14

Paulinho Tapajós, Producer - Jorge Ben, MainArtist, ComposerLyricist - Trio Mocoto, FeaturedArtist

℗ 1971 Universal Music Ltda

5
Zula
00:02:55

Paulinho Tapajós, Producer - Jorge Ben, MainArtist, ComposerLyricist - Trio Mocoto, FeaturedArtist

℗ 1971 Universal Music Ltda

6
Negro É Lindo
00:03:02

Paulinho Tapajós, Producer - Jorge Ben, MainArtist, ComposerLyricist

℗ 1971 Universal Music Ltda

7
Comanche
00:02:55

Paulinho Tapajós, Producer - Jorge Ben, MainArtist, ComposerLyricist

℗ 1971 Universal Music Ltda

8
Que Maravilha
00:04:06

Paulinho Tapajós, Producer - Jorge Ben, Vocals, MainArtist, AssociatedPerformer, ComposerLyricist - toquinho, ComposerLyricist

℗ 1971 Universal Music International

9
Maria Domingas
00:03:40

Paulinho Tapajós, Producer - Jorge Ben, MainArtist, ComposerLyricist

℗ 1971 Universal Music Ltda

10
Palomaris
00:03:03

Paulinho Tapajós, Producer - Jorge Ben, MainArtist, ComposerLyricist

℗ 1971 Universal Music Ltda

Resenha do Álbum

Negro É Lindo (1971) é o oitavo disco da carreira de Jorge Ben Jor, que vinha lançando pelo menos um álbum por ano desde Samba Esquema Novo, seu primeiro álbum, lançado em 1963. O nome Negro É Lindo é uma tradução literal de “black is beautiful”, uma das palavras de ordem mais populares do movimento negro nos EUA. A luta por direitos civis da população negra norte-americana é também a principal inspiração do álbum, que conta até com uma música (“Cassius Marcelo Clay”, composta em parceria com Toquinho) em homenagem ao pugilista e ativista Muhammad Ali.


Jorge Ben era tido como uma figura neutra em termos de política, especialmente se comparado à artistas que costumavam usar a música para denunciar injustiças sociais e as repressões do governo militar. Ainda assim, ele nunca deixou de falar sobre negritude, mas sua abordagem era mais positiva e otimista. Em Negro É Lindo isso alcança um novo status e Jorge Ben canta com orgulho e faz votos por um futuro mais igualitário.


Negro É Lindo antecede a fase mais experimental de Jorge Ben (iniciada com A Tábua de Esmeralda, de 1972) e em faixas como Porque É Proibido Pisar na Grama, com cordas arranjadas por Arthur Verocai, e Maria Dominga ele já sinalizava os caminhos pelos quais trilharia muito em breve. Com o violão como principal companheiro, Jorge Ben Jor brinca com ritmos como samba, jazz e soul music com naturalidade, algo que na época já tinha se estabelecido como parte de sua identidade artística. Mesmo ofuscado pelos trabalhos que vieram depois, Negro É Lindo merece destaque na discografia de Jorge Ben por seguir atual tanto em termos de música, quanto pela temática que continua em voga até hoje. © Izabela Delfiol  - Bananas/Qobuz

Sobre o álbum

Melhorar as informações do álbum
Mais sobre o Qobuz
Por Jorge Ben Jor

Samba Esquema Novo

Jorge Ben Jor

Samba Esquema Novo Jorge Ben Jor

Africa Brasil

Jorge Ben Jor

Africa Brasil Jorge Ben Jor

Samba Esquema Novo

Jorge Ben Jor

Samba Esquema Novo Jorge Ben Jor

Jorge Ben

Jorge Ben Jor

Jorge Ben Jorge Ben Jor

A Tabua De Esmeralda

Jorge Ben Jor

A Tabua De Esmeralda Jorge Ben Jor
Você também pode gostar...

Gerando na Alta

Céu

Masters of Jazz Presents João Gilberto (1958 - 1962 Essential Works)

João Gilberto

Chico Buarque de Hollanda Nº4

Chico Buarque

Clube Da Esquina

Milton Nascimento

Clube Da Esquina Milton Nascimento

Bossa Nova - The New Wave of Brazilian Music 1958-1962

Various Artists